O rosário surgiu em 1090 com Pedro, o Eremita. Até as mudanças feitas pelo Papa, era “composto de 165 contas com três terços.” Neste caso, enquanto o Pai-Nosso é repetido 15x e dão-se 15 glórias ao pai, rezam-se 150 ave Marias. Recorria-se, pois, 10x mais a Maria que a Deus e não se utiliza do nome de Jesus uma vez se quer. A Bíblia ensina, porém orar somente em nome de Jesus (João 14:6 João 14:13-15; João 16:23). Não é preciso fazer repetições (novenas), Mateus 6:7. Além do mais, os personagens da Bíblia, como Jesus, nunca oraram do mesmo jeito 2x (João 17 João 11:41-42). Jesus ensinou “o Pai Nosso” para servir como modelo, para que você saiba que o relacionamento com Deus é pessoal - Pai nosso (Jeremias 23:36-40).

Disse Jesus:

“Nas vossas orações não useis de vãs repetições, como os gentios, porque imaginam que é pelo palavreado excessivo que serão ouvidos” - Mateus 6:7 (BÍBLIA DE JERUSALÉM).

Artigos Relacionados

Analisando 10 “Fake News” sobre o Natal Analisando 10 “Fake News” sobre o Natal
1) ANO DO NASCIMENTO? Jesus não nasceu no ano zero (até porque não existe esse ano; 1 a.C. passa...
Jesus e o Yom Kippur Jesus e o Yom Kippur
Milhões de judeus em todo o mundo celebram anualmente o "Yom Kippur" (o "Dia da Expiação"). Essa...
Em que hora Jesus foi crucificado? Em que hora Jesus foi crucificado?
Uma alegação feita pelos críticos da Bíblia é a diferença que existe entre Marcos e João ao...
Os Evangelhos e o “Anonimato Protetor” Os Evangelhos e o “Anonimato Protetor”
Há muitos detalhes interessantes que chamam a atenção quando uma leitura comparativa entre os quatro...

Envie suas perguntas