Os espíritas dizem que João, o Batista, foi a reencarnação de Elias, baseado em Mateus 11:10-14. Esta passagem está relacionada à profecia de Malaquias 4:5 e o seu cumprimento. A reencarnação é inaceitável neste caso, porque os próprios judeus não criam nela e sim na ressurreição.

A Bíblia responde que João, o Batista, disse que não era Elias (João 1:21). Quando Jesus mencionou João como o Elias que havia de vir, queria dizer que o ministério profético de João era semelhante ao de Elias em caráter e em poder. A revelação a Zacarias deixa isso bem claro (Lucas 1:17).

Artigos Relacionados

A Origem do Papado A Origem do Papado
O Catecismo da Igreja Católica declara: “O Pontífice Romano, em razão de seu cargo de Vigário de...
Mateus 24:20 e a Observância do Sábado Mateus 24:20 e a Observância do Sábado
Em Mateus 24, Jesus está respondendo perguntas dos apóstolos, a respeito de Sua segunda vinda e da...
Jesus, o Desejado de Todas as Nações Jesus, o Desejado de Todas as Nações
 ...e farei tremer todas as nações, e virá o Desejado de todas as nações, e encherei esta casa de...
A Bíblia É Realmente Confiável? A Bíblia É Realmente Confiável?
Nenhum livro deu mais o que dizer, seja bom ou ruim, do que a Bíblia. Atualmente, vivemos um tempo...

Envie suas perguntas