No entanto, nada do que alguém dedicar irremissivelmente ao Senhor, de tudo o que tem, seja homem, ou animal, ou campo da sua herança, se poderá vender, nem resgatar; toda coisa assim consagrada será santíssima ao Senhor. Ninguém que dentre os homens for dedicado irremissivelmente ao Senhor se poderá resgatar; será morto.

Levíticos 27:28-29

Alguns deduziram, equivocadamente a partir do texto de Levítico acima, que Deus ordenou aos judeus da Antiga Aliança o sacrifício de seres humanos como parte de seus rituais religiosos. Será isso mesmo o que o texto acima afirma? De forma alguma!

Vejamos como alguns competentes comentaristas bíblicos explicaram esse texto das Escrituras.

‘Ninguém dedicado’ [...] - Melhor, ‘todo banido, que será banido de homens’, isto é, todo banido de entre homens, ou todo ser humano banido, não deve ser redimido. Como o gado e as propriedades patrimoniais, quando uma vez dedicados a Deus por um voto de banimento, o homem assim banido por um voto fica irremediavelmente sob a classe de ‘santíssimo ao Senhor’, ou alguém irrevogavelmente retirado do poder do homem.

Mas certamente será morto. - Não como sacrifício a Deus, mas, pelo contrário, para ser removido de Sua vista. [...] Por conseguinte, Levíticos 27:28-29 trata de dois casos diferentes. O primeiro regula os objetos ‘banidos do Senhor’, que diferem do voto de dedicação discutido em Levíticos 27:2-8 apenas na medida em que seja irremediável, enquanto Levíticos 27:29 regula o banimento promulgado pela própria lei (Êxodo 22:19), ou pronunciado pelo tribunal de justiça sobre um homem que é irremediavelmente condenado à morte.” (Ellicott’s Commentary for English Readers)

Artigos Relacionados

Todos os Dias São Iguais? Analisando Romanos 14:5-6 Todos os Dias São Iguais? Analisando Romanos 14:5-6
Há quem considere um dia mais sagrado que outro; há quem considere iguais todos os dias. Cada um...
Atos 20:7 Comprova que o Domingo é o Dia do Senhor? Atos 20:7 Comprova que o Domingo é o Dia do Senhor?
Atos dos Apóstolos 20:7 afirma: E no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para...
Apocalipse 1:10 e o “Dia do Senhor” Apocalipse 1:10 e o “Dia do Senhor”
Eu fui arrebatado no Espírito no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de...
Símbolos de Cristo em “O Senhor dos Anéis” Símbolos de Cristo em “O Senhor dos Anéis”
A Fé de Tolkien e Seus Escritos   John Ronald Reuel Tolkien A primeira parte da épica...

Dedicado de homens - Não pelos homens, como alguns explicariam, mas de homens, pois é manifesto a partir deste e dos versos anteriores que os homens não são aqui as pessoas que estão devotando, mas que são devotados à destruição, pela sentença de Deus, como idólatras, Êxodo 22:20; os cananeus, Deuteronômio 20:17; os amalequitas, Deuteronômio 25:19; 1 Samuel 15:3 1 Samuel 15:26; Ben-Hadade, 1 Reis 20:42; ou pelos homens, seguindo tal sentença de Deus, como em Números 21:2-3; Números 31:17; ou por qualquer crime de alta natureza, como Juízes 21:5. Mas isso certamente não deve ser entendido, como alguns o entenderam, como se um judeu pudesse, em virtude desse texto, dedicar seu filho ou seu servo ao Senhor, e assim se obrigar a matá-los. [...] Mas os judeus não tinham poder sobre a vida de seus filhos ou servos, mas eram diretamente proibidos de tocá-los, por esse grande mandamento: ‘não matarás’. E se aquele que matasse seu servo casualmente por um golpe com uma vara certamente seria punido, como é dito, Êxodo 21:20, não seria lícito, deliberadamente, tirar sua vida sob pretexto de um voto como esse. Mas, para os cananeus, amalequitas, etc., Deus, o indubitável Senhor de todas as vidas dos homens, deu aos israelitas um poder sobre suas pessoas e vidas, e uma ordem para matá-los.” (Benson Commentary)

“De homem e animal - Esta passagem não permite sacrifícios humanos. Em outras partes, o homem é claramente reconhecido como uma das criaturas que não deveriam ser oferecidas em sacrifício: Êxodo 13:13; Êxodo 34:20; Números 18:15

Portanto, a aplicação da palavra chērem ao homem é feita exclusivamente em referência a alguém que está condenado à morte e, nesse sentido, apenas, entregue ao Senhor. O homem que, em um espírito correto, ou cumpre uma sentença de condenação justa a um ofensor, ou que, com um único olho no dever, mata um inimigo em batalha, deve considerar-se o servo de Deus dando vida à reivindicação da justiça divina (compare Romanos 13:4). Foi dessa maneira que Israel foi obrigado a destruir os cananeus em Horma (Números 21:2-3; compare Deuteronômio 13:12-18), e que Samuel cortou Agague em pedaços diante do Senhor, 1 Samuel 15:33.” (Barnes’ Notes on the Bible)

“29. certamente será morto - Este anúncio não implicava que a pessoa fosse sacrificada ou condenada a uma morte violenta; mas apenas que ela deveria permanecer até a morte de forma inalterável na condição devotada. Os regulamentos anteriores foram evidentemente projetados para impedir a imprudência dos votos (Eclesiastes 5:4) e incentivar uma reflexão séria e atenciosa em todos os assuntos entre Deus e a alma (Lucas 21:4).” (Jamieson-Fausset-Brown Bible Commentary)

“Nenhum cidadão comum possuía o poder de consagrar-se ou consagrar outra pessoa para a destruição.” (Earl D. Radmacher, Ronald B. Allen e H. Wayne House, O Novo Comentário Bíblico do Antigo Testamento)

Leia também: Deus é um Monstro Moral?

Artigos Relacionados

O que os Primeiros Cristãos Ensinaram sobre a Ceia do Senhor? O que os Primeiros Cristãos Ensinaram sobre a Ceia do Senhor?
Esse artigo pretende responder a uma pergunta importante do ponto de vista histórico. No entanto,...
Bíblia: O Mais Antigo Livro de Medicina Preventiva Bíblia: O Mais Antigo Livro de Medicina Preventiva
Em 28 de setembro de 1976, o seguinte telegrama foi recebido na sede da Organização Mundial da Saúde...
Primeira opressão
  Estes, pois, ficaram, para por eles provar a Israel, para saber se dariam ouvido aos...
Deus e deuses
A lição de hoje traz um ponto fundamental do evangelho, a importância do...

Envie suas perguntas